Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

Qual tráfego é melhor para vender como afiliado, o tráfego pago ou o tráfego orgânico? E qual deles é melhor para começar como afiliado na Hotmart?

Isso e muito mais eu vou te responder nesse artigo!

Eu vou te explicar as principais diferenças do Tráfego Pago e do Tráfego Orgânico e também as principais vantagens e desvantagens de cada um deles.

Então se você está perdido e não sabe por onde começar para divulgar como afiliado, eu recomendo que você leia esse artigo até o fim, porque no final eu vou te falar qual é o melhor para começar como afiliado na Hotmart, se o tráfego pago ou o tráfego orgânico, de acordo com o seu perfil.

Agora chega de enrolação e bora para o conteúdo.

Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

tráfego pago ou tráfego orgânico afiliado - Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

 O Que é Tráfego Pago e Tráfego Orgânico? Qual a diferença entre eles?

Tráfego consiste, basicamente, em atrair pessoas qualificadas para uma zona de conversão.

A diferença principal entre os dois é que no tráfego pago, como o nome já diz, você precisa pagar para atrair pessoas.

Já no tráfego orgânico, você não precisa gastar dinheiro para conseguir atrair pessoas, mas você precisa gastar o seu tempo, pois aqui você atrai as pessoas através do seu conteúdo.

 Quais são as principais estratégias de cada um?

No tráfego pago, tem o Google Ads, o Facebook Ads, o Taboola, o Bing Ads, o Linkedin Ads, etc., mas os mais famosos são o Google e o Facebook.

no orgânico, você pode usar várias estratégias, como YouTube, Instagram, blog, minisites, grupos, etc.

No orgânico, tem também os grupos de Facebook, Yahoo Respostas e outras estratégias de divulgação que não precisa gastar nada. Enfim, eu não considero essas estratégias muito legais para fazer vendas, mas elas são estratégias gratuitas e são consideradas de tráfego orgânico também.

 Qual tráfego é o melhor de todos? O Tráfego Pago ou o Orgânico?

Primeiramente, quero deixar bem claro que não existe um melhor que o outro. Cada um tem suas vantagens e desvantagens – e irei abordar melhor cada uma delas.

É importante ressaltar que cada pessoa vai ter um tipo de perfil para trabalhar como afiliado aqui na internet.

Então agora eu vou te falar quais são as vantagens e desvantagens de cada um – tanto do tráfego pago, quanto do tráfego orgânico – para você conseguir identificar o seu perfil e começar a divulgar como afiliado.

TRÁFEGO PAGO

trafego pago - Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

 

 Vantagens do Tráfego Pago

 1) Muito mais rápido

A primeira vantagem do tráfego pago é que ele é MUITO mais rápido que o tráfego orgânico e isso não tem nem comparação.

Se você fizer uma campanha bem feita, você consegue vender no mesmo dia ou até mesmo em poucas horas.

Com certeza, o tráfego pago dá de 10×0 no orgânico nesse quesito.

 2) Não precisa criar conteúdo

A segunda vantagem é que você não precisa criar conteúdo, como no tráfego orgânico.

Então, se você está sem saco para ficar escrevendo artigos de blog, gravar vídeos, ou fazer posts no Instagram, pode ser que o tráfego pago seja muito melhor para você.

 3) É uma estratégia mais eficaz se você não quer aparecer

Pois é, se você quer vender como afiliado sem aparecer, o tráfego pago é bem melhor do que o tráfego orgânico.

Com o tráfego orgânico, você consegue sim realizar vendas como afiliado sem se expor. Mas se você quiser ganhar muito dinheiro mesmo, o tráfego pago é bem melhor nesse quesito.

Tanto é que os caras que ganham MUITO dinheiro nesse mercado sem aparecer, estão no tráfego pago, não no orgânico.

Inscreva se no Metodo Google Pro - Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

 Desvantagens do Tráfego Pago

 1) Pode perder dinheiro se não souber fazer direito

Se você colocar o teu dinheiro ali nos anúncios pagos e perder o seu dinheiro, já era… Não adianta implorar para as plataformas te devolverem o seu dinheiro, porque não tem volta.

Por isso, para começar no tráfego pago, você precisa ter uma grana em caixa antes de investir.

A minha recomendação é que você tenha pelo menos uns 300 a 500 reais em caixa para começar a investir em Google Ads como afiliado. E pelo menos 500 reais em caixa para começar a investir em Facebook ads.

Lembrando que essa é só a minha recomendação. Você pode começar com o valor que quiser, mas desde que você possua uma grana em caixa e que esse dinheiro não vá fazer muita falta na sua vida, caso você o perca.

Se você não tem dinheiro em caixa para investir, recomendo que você nem comece no tráfego pago. Sério! Pois o risco faz parte do tráfego pago e você pode perder todo o seu dinheiro.

Além disso, para evitar perder dinheiro desnecessariamente, eu recomendo também que você estude muito bem antes de se aventurar no tráfego pago.

Leia a central de ajuda das plataformas e faça bons treinamentos para se aprofundar no assunto.

 2) Investir apenas em Tráfego Pago não é viável no longo prazo

Sim, usar apenas tráfego pago não é viável no longo prazo, porque a tendência é ficar cada vez mais caro para anunciar, tanto no Google, quanto no Facebook, ou em qualquer outra plataforma de anúncios.

Digo isso porque cada vez mais novas pessoas estão iniciando no tráfego pago, bem como várias empresas.

E é com as grandes empresas que o bicho pega. Por quê? Porque as grandes empresas têm muito mais grana para investir pesado em tráfego pago do que eu ou você hahaha.

As empresas estão percebendo que anunciar na televisão ou nas mídias tradicionais já não é mais rentável como era antes, porque agora as pessoas estão passando muito mais tempo na internet e não no sofá vendo televisão. Essa é a tendência para os próximos anos.

E quando as grandes empresas começarem a investir pesado aqui no tráfego pago, pode ter certeza que isso vai encarecer bastante para anunciar, porque os anúncios funcionam basicamente como um leilão: aparece mais quem paga mais.

 3) Se você usa apenas tráfego pago, você fica refém do Google ou do Facebook

Se toda a sua fonte de renda está baseada em tráfego pago, você pode ficar vulnerável, porque se a sua conta for bloqueada ou você parar de injetar dinheiro ali, vai para de entrar dinheiro do outro lado também.

No Facebook é bem mais comum sua conta levar bloqueio, por isso você tem que sempre criar várias contas de contingência para tentar contornar isso. E isso é bem chato.

o Google é bem mais tranquilo em relação a bloqueios, mas você pode ter a sua conta bloqueada também.

Geralmente, quando o Google suspeita de alguma coisa estranha na sua conta, primeiro ele coloca a sua conta em revisão, que é uma espécie de “quarentena” , onde seus anúncios param de rodar do nada e você nem fica sabendo que a sua conta está em revisão.

E se depois que passar uns dias o Google não encontrar nada de errado com a sua conta, ai tudo volta ao normal e seus anúncios voltam a rodar.

Portanto, se você perder a sua conta de anúncio ou parar de anunciar, a sua fonte de renda seca, o que te deixa completamente refém do Google e do Facebook para poder ganhar dinheiro.

TRÁFEGO ORGÂNICO

trafego organico - Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

 Vantagens do Tráfego Orgânico

 1) Não precisa investir dinheiro

A primeira vantagem do tráfego orgânico é que você não precisa gastar dinheiro (mas investe o seu tempo e isso eu vou falar melhor depois nas desvantagens).

Então se você não tem dinheiro para investir ou não quer se arriscar muito, a melhor opção no seu caso é começar com orgânico.

E qual é a melhor estratégia no orgânico?

Na minha opinião, a melhor estratégia do tráfego orgânico é o YouTube, porque vídeos geram muito mais conexão com as pessoas.

Além disso, conteúdos em vídeos são muito mais tendência para os próximos anos, pois as pessoas preferem muito mais assistir vídeos do que consumir conteúdos em texto.

Ah, Gabi… mas eu não quero aparecer!

Não tem problema, faz vídeo sem aparecer. Tem várias formas de você fazer vídeos sem aparecer. Você pode fazer vídeos de slides, ou gravar a tela do seu computador, ou fazer vídeos de animação, etc.

Mas é claro que se você fizer vídeos aparecendo será muito melhor, porque pessoas compram de pessoas e aparecer gera muito mais credibilidade.

 2) Vender no orgânico tem um gostinho diferente

Sim, a sensação de vender no orgânico é bem diferente rs.

Primeiro, porque é muito melhor ganhar dinheiro sem precisar investir nada.

E segundo porque é muito mais satisfatório saber que a pessoa decidiu confiar em você e no seu trabalho para comprar através do seu link de afiliado. O gostinho é mais especial.

Quando você vende pelo tráfego pago, a pessoa pode nem saber que comprou através do link de um afilado e muito menos sabe quem você é.

Já no orgânico, você se sente especial, porque ela resolveu comprar com você. E isso é ainda mais gratificante quando você divulga aparecendo, porque dessa forma a pessoa realmente te escolheu.

 3) Estrutura: efeito bola de neve e mais sustentável no longo prazo

O trabalho que você faz hoje se soma com o trabalho que você vai fazer amanhã e assim por diante. É um trabalho mais demorado, mas que possui um efeito bola de neve conforme o tempo passa, o que é muito mais sustentável no longo prazo.

Por exemplo: um vídeo no YouTube que você postou a meses atrás, mas que continua te gerando visualizações e vendas. Imagina quando o seu canal tiver 100 vídeos, serão praticamente 100 funcionários trabalhando no piloto automático para você.

Mas é claro que, para ter esse efeito bola de neve, dependerá da estratégia que você utilizou para divulgar no orgânico.

Se você usa grupos do Facebook para divulgar como afiliado, obviamente você só tá perdendo o seu tempo ali, porque o post vai lá pra baixo depois de algum tempo e ninguém mais vai ver a sua publicação. Logo, não é uma coisa sustentável no longo prazo.

Inscreva se no Metodo Google Pro - Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

 Desvantagens do Tráfego Orgânico

 1) Precisa investir o seu tempo

O Tráfego Orgânico é conhecido por ser um tráfego “gratuito”.

Contudo, como você precisa investir o seu tempo, então não é algo tão de “graça” assim, pois o tempo é o recurso mais precioso que existe.

 2) O alcance orgânico das plataformas irá diminuir com o tempo

Se com o tráfego pago a tendência é ficar mais caro para anunciar com o passar do tempo, aqui no tráfego orgânico a tendência é que o seu alcance diminua consideravelmente.

Isso acontece porque as plataformas irão priorizar cada vez mais o tráfego pago, pois é assim que elas ganham dinheiro rs.

Veja o caso do Facebook, por exemplo. Há alguns anos atrás, o alcance orgânico era muito bom e muitos afiliados ganhavam muito dinheiro com fan pages e grupos.

Hoje, esse alcance orgânico diminuiu drasticamente e essas estratégias (fan pages e grupos) praticamente já não funcionam mais.

Para conseguir vender como afiliado no Facebook, o ideal é usar tráfego pago. Ou seja, Facebook Ads.

Isso não significa que o orgânico não vai mais funcionar, não interprete errado! O orgânico irá funcionar sim, mas com um alcance bem mais reduzido.

E se você quiser ampliar o alcance do seu conteúdo, você terá que utilizar o tráfego pago também.

 3) Obviamente, o tráfego orgânico demora mais que o pago

Sim, o tráfego orgânico também é conhecido por ser bem mais demorado.

E por que o tráfego orgânico demora?

Demora porque aqui no orgânico você precisa atrair pessoas através de conteúdo e também precisa ter audiência (pessoas te seguindo), senão você não vai vender mesmo.

Do que adianta você ter um blog com artigos super bem escritos, com mais de duas mil palavras; um canal no YouTube com vídeos produzidos com os melhores equipamentos; um Instagram muito bonito, com o feed ali bem organizadinho… Mas, se no final não tem ninguém consumindo o conteúdo que você coloca ali?

É a mesma coisa que ter uma loja super bonita e bem organizada, mas não entrar ninguém ali para você atender.

Se você não consegue tráfego (pessoas) para o seu conteúdo, você não vai vender mesmo.

Então, lembre-se de criar conteúdo e uma audiência engajada com esse conteúdo que você cria.

E como eu faço para ter uma audiência com o tráfego orgânico?

Crie um conteúdo bom que ajude as pessoas e gere identificação com você ou sua marca (caso você não apareça).

Quando o seu conteúdo é bom e ajuda várias pessoas, isso ativa alguns gatilhos mentais, como o da reciprocidade e da autoridade. E isso facilita mais a venda.

Se o seu conteúdo for apenas bom, mas as pessoas não se identificarem com você (não forem com a sua cara), elas podem até consumir o seu conteúdo. Mas na hora de comprar, elas irão comprar do seu concorrente.

E como eu faço para as pessoas se identificarem comigo?

Estude muito sobre copy e sobre a persona do seu público-alvo. Se você for a persona do seu público alvo, melhor ainda, pois facilitará ainda mais na identificação.

A copy é a habilidade de escrever ou criar um conteúdo persuasivo para gerar o desejo da pessoa comprar de você.

Já a persona é o seu cliente ideal; é a pessoa para qual você irá direcionar a sua comunicação, focando nos sentimentos e atitude dela para vender o seu produto com mais facilidade.

Por exemplo: se o seu nicho for emagrecimento, geralmente o público-alvo desse nicho são mulheres, com mais de 25 anos, etc.

Então você pode focar na sua persona como: a Paula, ela tem 27 anos, está acima do peso, sofre de baixa-autoestima por não aguentar mais se olhar no espelho e não gostar do que vê, ou então por ter um monte de roupas no armário que já não lhe servem mais, etc.

Enfim, essas são as dores da sua persona. E quando você conhece as dores e os desejos da sua persona, você pode criar um conteúdo direcionado para essa pessoa, pois assim ela irá se identificar muito mais com você.

E quando ela se identificar com você, ela irá te seguir no Instagram, ela irá se inscrever no seu canal do YouTube, ou ler o seu blog, etc. Ou seja, ela vai virar parte da sua audiência e, eventualmente, ela poderá comprar de você!

 

Tráfego Pago e Tráfego Orgânicoafiliado hotmart - Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

 

E agora eu vou te falar um pouco sobre a junção dos dois tráfegos, porque um não exclui o outro, necessariamente.

Você pode (e inclusive recomendo) utilizar os dois para vender e impulsionar ainda mais as suas vendas.

Por exemplo, você pode  usar o Google Ads para promover os artigos do seu blog e os vídeos do seu canal do YouTube. Já com o Facebook Ads, você pode alcançar novas pessoas com o seu conteúdo e fazer remarketing para quem já te conhece.

Por qual começar, tráfego pago ou orgânico?

Não existe uma resposta certa. Isso vai depender do seu perfil.

Fica a minha recomendação:

Se você tem dinheiro para investir e está com muita pressa, começa pelo tráfego pago. Aplica uns 80% do seu tempo e energia no tráfego pago, para ter resultados no curto prazo. E uns 20% no orgânico, porque com o passar do tempo a “bola de neve” do orgânico vai crescer e pode até passar o seu faturamento do tráfego pago.

Mas se você tá com pouco dinheiro ou não quer se arriscar muito, não tem problema, recomendo que você comece pelo tráfego orgânico. E conforme você for tendo resultados no orgânico, reinvista esse valor no tráfego pago para escalar ainda mais os seus ganhos.

Ou seja, você pode usar o tráfego pago e o tráfego orgânico conjuntamente, pois um não exclui o outro, eles podem ser complementares.

Afinal, Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico Para Vender Como Afiliado?

Assista ao vídeo abaixo, onde eu explico detalhadamente sobre o assunto:

E se você chegou até o final desse artigo, parabéns! Isso mostra que você realmente está interessado em mudar de vida.

Caso você queira se aprofundar em tráfego pago, eu te convido a conhecer o meu treinamento de Google Ads, o Método Google Pro, basta clicar no banner abaixo:

Inscreva se no Metodo Google Pro - Tráfego Pago ou Tráfego Orgânico: Qual é o Melhor Para Vender Como Afiliado?

 

Eu vou ficando por aqui…

Muito obrigada por ler esse artigo até o final!

Até o próximo post!

9 Comentários





  1. Olá Gabi boa tarde gosto muito dos seus conteúdos
    Gostaria de tirar uma dúvida com vc, se eu iniciar no tráfego pago com o Facebook ADS e minha conta de anúncio for bloqueada eu perco o também o perfil do Facebook? ou fico só impedido de fazer anúncio?
    Agradeço sua resposta e atenção

    Responder



  2. Seu artigo me ajudou demais! É muito bom aumentar o
    conhecimento sempre que possível, realmente o trafego
    pago esta transformando vidas em todo o Brasil. Quem
    decidiu investir nesse segmento do Marketing Digital está
    ganhando BEM mais que 02 salários mínimos por mês! To
    sempre pesquisando sobre isso para encontrar novas
    fontes de tráfego pago, ou orgânico, para nossa
    plataforma! Muito Obrigado! Deus retribua e te abençoe!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *